quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

20 semanas para o Ironman Brasil 2013

Muitos atletas deram início ao ciclo de treinamentos para o Ironman Brasil 2013 nessa semana do dia 07/01/2013.

Eu particularmente falando não acredito em treinar durante 5 meses para fazer uma prova. Acredito que se a pessoa gostaria de ser um triatleta o treinamento deve ser contínuo, ou seja, muitos atletas após o Ironman Brasil 2012 (em maio) ficaram sem treinar durante 1 mês após a prova, outros durante 2 ou 3 meses e alguns atletas chegaram a ficar sem treinar até dezembro de 2012. Acho isso inacreditável como pode o indivíduo ser um atleta e ficar sem treinar durante tanto período de tempo?

Após o Ironman Brasil 2012, uma semana após voltei a treinar fazendo longos de bike, treinando junto com alguns colegas que iriam fazer o Challenge Roth, esses mesmos colegas tinham treinado comigo desde janeiro até maio, e a prova deles seria alguns meses após o Ironman Brasil 2012, não achei justo deixá-los na mão nesse período de treinamento.

Com o calendário do segundo semestre de 2012 definido, com apenas duas provas de triathlon (um olímpico e um long distance) e uma meia maratona, foquei nos treinos e em tudo que eu precisava melhorar para o Ironman Brasil 2013.

Pontos a serem melhorados:

Natação - fiz bons treinos de natação e pude observar um avanço na natação excelente.

Peso - resolvi perder 5 kilos até dezembro de 2012, mais uma meta que foi cumprida com êxito. Esse peso perdido junto com pelo menos mais 3 kilos que quero perder até maio de 2013 vão me ajudar muito durante a corrida.

Alimentação - excluí de minha alimentação vários tipos de alimentos que estavam me fazendo mal, são eles: leite, margarina, manteiga, embutidos de todos os tipos, queijos, iogurte, bolachas, reduzi a quantidade de vezes na semana que como carne, agora estou comendo no máximo 2 vezes na semana carne, acrescentei o melado de cana, estou usando mais azeite de oliva, saladas variadas principalmente as com folhas verde escuras (são ricas em cálcio)

Corrida - devido a diminuição do peso pude experimentar uma melhora significativa na corrida

Bike - devido a quantidade de treinos realizados durante o ano, pude experimentar uma melhora significativa no ciclismo, que na verdade nem era meu foco, mais acredito que melhorando alimentação e a diminuição de peso o ciclismo foi só uma consequência.

Suplementação - outro ponto importante foi o fato que desde o Ironman Brasil 2012 eu larguei todo e qualquer tipo de suplemento alimentar, foquei em ter uma melhor alimentação e abandonar os suplementos, nunca me senti melhor na vida, parece que estou desintoxicado.

Com todos os pontos acima ajustados pude fazer no segundo semestre de 2012 duas grandes provas (triathlon olimpico de verão e triathlon long distance) que me deixaram super feliz e confiante que estamos no caminho correto, ja entrando em 2013 com uma preparação excelente, agora eu acredito que as coisas tendem somente a melhorar cada vez mais.

O ponto onde eu queria chegar com tudo isso é que, se você quer ser um triatleta não adianta você ser um triatleta somente na época de treinos para a sua prova alvo no ano, você tem que ser triatleta durante os 365 dias do ano, não vejo como um atleta consegue abandonar totalmente o ciclismo para se dedicar a uma prova de corrida como uma Maratona por exemplo, ou largar a natação por preguiça, quer fazer a Maratona faça, mais não abra mão de nenhuma das 3 modalidades.

Os meus treinos para o Ironman Brasil 2013 começaram em 28 de maio de 2012, pense nisso! Treine por amor ao esporte, por ficar feliz em sentir a melhora nas modalides e não encare isso como uma obrigação, faça o triathlon fazer parte da sua vida. Os resultados nas provas serão consequência dessa felicidade, ultimamente ando mais feliz em ver os amigos nos treinos do que na realização das provas. Muitas vezes abdico de fazer o meu treino no meu ritmo para fazer o treino no ritmo de um colega, só para ter a felicidade de vê-lo feliz ao final do treino!

4 comentários:

Milton disse...

Isso aí Marlus... baita relato.
Como minhas férias serão logo depois do Iron não serão 365 no ano, mas será uma breve pausa e logo estaremos de volta nessa "lida" que é tão prazerosa.

Vagner disse...

Marlus, deixa eu colocar um pontinho a mais nessa discussão para a gente refletir juntos.

Em concordo que a atividade fisica deve ser uma coisa relativamente constante para quem se propos a ter objetivos como esses que você, eu e os leitores do seu blog traçam a cada ano.

Mas tem uma coisa que não é apenas fisica - quando você estiver fazendo o seu quintou ou sexto iron pode vir a perceber que precisamos parar porque a rotina dos treinos, mais do que o corpo, pode machucar nossas mentes.

Por isso, correr uma Ultramaratona pode ser algo que te desafie fisicamente e ao mesmo tempo permite que a sua mente descanse.

Existem outros casos também, como aqueles individuos que se lesionam facilmente e precisam de mais tempo de recuperação. Ai vão fazer maratonas aquáticas e coisa e tal...

Enfim, apenas uma opinião...

No mais parabéns pelo relato - essa questão do peso e da corrida é uma dica valiosa. Espero que as pessoas que estão lendo o seu Blog prestem atenção nesse ponto.

Marlus disse...

A dica do peso Vagner se não me engano ja havia sido dada por você no seu blog, agora com você comentando eu acredito que tenha lido no seu blog sobre a relação do peso na corrida.

Também concordo que com o passar do tempo as coisas mudem de figura, talvez não sejam necessários 6 Irons para chegar no ponto que vc comentou, o negócio é escutar o corpo e dar um tempo quando a coisa não estiver fluindo mais.

Xampa disse...

Marlus,
muito legal esse lance da alimentação. Estou na mesma batida que você e cada vez me sinto melhor. No final do ano, dei aquela relaxada e nossa, que estrago.
EM relação ao comentário do Vagner, a galera chama isso de burn out. Qdo vc meio que satura de um assunto ou daquela rotina. Acho que uma parada é meio que fundamental ou tentar fazer como a CW fazia, fazer o tri e não ficar consumindo tanto o tema. O q é beeem difícil.

ABS !