segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Consulta e liberação para a natação (cirurgia do ombro)

No dia 08/10/2014 fiz mais uma avaliação com o médico que operou o meu ombro. No dia 06/10/2014 fiz um raio-x para que ele pudesse avaliar o resultado da operação e da consolidação da fratura do Úmero.

Como eu já poderia supor a minha recuperação foi ótima e faltam ainda ganhar de 10 a 20 graus de movimentação na rotação externa, porém o médico já havia me passado que realmente esse seria o movimento mais difícil de recuperar, então estarei fazendo mais um mês de fisioterapia, até agora fiz 26 sessões de fisiotereapia com pilates e 5 sessões de crochetagem com pilates. Nesse próximo mês farei somente 2 vezes na semana fisioterapia e exericios em casa 1 vez ao dia.

Segue uma foto do meu ombro com o raio-x:

O elemento que aparece no raio-x é chamado de âncora, as âncoras permitem a fixação de tecidos moles (ligamentos, tendões, cápsulas) ao osso , permitindo a reparação de diversos tipos de lesões , sejam elas traumáticas ou degenerativas  . Basicamente, numa âncora, temos duas partes: a parte que ficará ancorada e fixa dentro do osso e que se parece normalmente com um parafuso e a outra parte que é um fio que servirá para prender o tecido solto ou um enxerto ao osso. São muito utilizadas em cirurgias do ombro, mas também podem ser utilizadas em outros locais  como o cotovelo, o tornozelo, o  quadril, a mão e  o joelho.

Segue um vídeo explicando como a âncora é utilizada:


A notícia legal foi que o médico me liberou para voltar a nadar, e já no dia 10/10/2014 estava dentro da piscina, este retorno na piscina vai ser meio complicado, mais agora vou treinar e me dedicar a conseguir voltar nadar bem, juntamente com um ganho de força e movimentação que ainda falta ao ombro e braço operado.

Um comentário:

Ricardo Gouveia Araujo disse...

Que noticia boa Marlus!
Agora eh paciencia e dedicacao... rs... mas, como disse, hoje, 1,5 ano depois, nem lembro da cirurgia etc...
Simbora!